quarta-feira, 17 de outubro de 2012

2º Capitulo.



Demetria Pov's


Acordei no outro dia com uma música desconhecida tocando, o estranho é que eu nunca colocava despertador em um sábado já que eu costumava dormir até mais tarde. E também, porque eu não tinha nenhum despertador no meu quarto ou coisa parecida, quem sempre me acordava era minha mãe. 
Ainda não tinha conseguido abrir os olhos, por isso, rolei despreocupadamente na minha cama e caí de barriga no chão. Aquilo havia doido muito. 
Mais uma coisa estranha, já que eu tinha uma enorme cama de casal, já que minha mãe sabia desses meus costumes de me espreguiçar demais. Já tinha caído algumas vezes, porque as vezes me empolgava demais. E também, porque no chão havia um tapete felpudo. E eu tinha certeza que eu havia caído no chão puro. 
Extremamente confusa, apoie-me na cama, com um pouco de dificuldade, vendo o colchão de solteiro e lençóis totalmente diferentes dos meus, ficando em pé. Eu tinha absoluta certeza que não havia bebido nada naquela tal festa, muito menos feito sexo com estranhos. Eu me lembrava perfeitamente bem de Nicholas empurrar eu e Joseph para dentro do carro, já que ninguém havia acreditado na nossa história ele usou o argumento que "era melhor irmos para casa, precisávamos dormir um pouco". Lembro de chegar em minha casa, tomar um belo banho, colocar pijama e logo depois deitar na minha cama dominada pelo cansaço. 
Então, alguém por favor me explica o que eu estava fazendo em uma cama de solteiro e em uma casa que não é a minha? 
Olhei para baixo para ver se havia algum tapete, mas ao contrário disso, tomei um grande susto. Bom, eu parecia mais alta que o normal, meus pés estavam maiores. Meus seios sumiram e eu tinha um certo volume na minha cueca (?) Comecei a respirar com dificuldade, prestes a dar um grande ataque. 
Olhei novamente o quarto em que eu estava. Eu não tinha a parede pintada de branca, não tinha cd's arrumados na estante, não tinha roupas de homem atiradas no chão. E também não tinha um pequeno espelho pendurado na parede com Joseph me olhando, um tanto apavorado. 
Espera. Calma. Respira. Como Joseph estava se olhando no espelho, quase que com a mesma expressão que eu imaginava estar no rosto? 
Trombei para trás e um grito estridente saiu pelo meus lábios, muito alto por sinal. 
Eu só podia estar sonhando, aquilo não era verdadeiro. Fechei meus olhos com força e contei até 5 mas quando os abri continuava no mesmo lugar, caída no chão, apavorada.
Eu ainda tinha esperanças de estar sonhando, mas como? Eu tinha um grande volume entre minhas pernas, estava sentindo frio e fome também. Quando estamos sonhando não sentimos isso. Mas aquilo também não fazia menor sentido, eu deveria estar delirando, não é mesmo? Afinal, eu dormi muito pouco, é... Era isso, sim. 
Corri até as cobertas novamente, fechando os olhos com força, aquilo poderia dar certo se eu tentasse mais uma vez. Não custava nada. 
Sentei assustada na cama, quando ouvi um barulho na porta e Denise, mãe de Joseph, adentrou o quarto. 

- Joseph, tudo bem? - Ela perguntou evidentemente preocupada. - Ouvi um grito seu. 

Eu fiquei um tempo a olhando. Como ela podia ter me confundido com seu próprio filho? 
Eu não podia começar a me desesperar na frente dela, ou podia? Não, eu não podia. Ela acharia que eu estava louca. Eu também não podia dizer: "Oi, senhora Denise. Aqui é a Demetria, sou sua vizinha. Lembra? Então, sou eu no corpo do seu filho e essa hora o mesmo deve estar no meu" definitivamente NÃO. Usei toda a calma que me restava e respirei fundo duas vezes.


- Hã, eu cai da cama Dona Deni.. Digo mãe. - Gargalhei forçada tentando fazer ela não perceber. 



- Tudo bem, Joe. Eu fiz panquecas, porquê você não vem comer logo? Nick e Kevin estão devorando tudo. - Ela falou calmamente, e eu apenas assenti.


Quando Dona Denise fechou a porta comecei a chorar, muito. Era desesperador, o que eu faria agora? Eu tentei evitar de chorar, mas não consegui, foi impossível.
Fiquei um bom tempo chorando e soluçando, quando o choro sessou olhei-me novamente no espelho. O que me fez chorar muito mais. Era engraçado ver a cena de Joseph chorando, embora eu quisesse rir, eu não conseguia parar de chorar. E podia apostar, que certamente ninguém nunca havia visto-o chorar.
Eu estava determinada a ficar naquele quarto chorando até ouvir um "Eí! psiu, psiu.." o barulho vinha de fora da janela do quarto de Joseph. Um pouco vermelha e soluçando um pouco ainda, sai praticamente me arrastando até a janela.
Na janela do outro lado, pude ver meu corpo, olhando pra mim um tanto desesperado. Seu rosto tinha a mesma expressão na qual eu havia visto no espelho algum tempo atrás. Desespero.


- Jonas? - Perguntei desesperada

- Lovato é você? 



×××



Joseph Pov's


Costumo acordar todos os sábados com meu despertador com uma das minhas músicas favoritas, já que eu esqueço de desativa-lô no fim de semana. O que me irrita profundamente. Mas, hoje não foi meu despertador que me acordou e me deixou irritado. O que me deixou irritado, foi um grito estridente da casa ao lado que me fez acordar. 
Sentei assustado na cama, que tipo de pessoa grita desse jeito essa hora da manhã? 
Eu estava preparado para me dirigir até a janela e xingar aquele filho da mãe de todos os nomes possíveis. Mas, só aí percebi que eu não estava na minha cama de solteiro. Estava em uma cama de casal, muito grande por sinal. Eu não tinha meu quarto pintado de braco, meu quarto era azul. Não tinha aquele tapete felpudo no chão e também não tinha cortinas na cor lilás. 
Claro, eu estava no quarto de uma garota.
Será que eu tinha bebido tanto assim na festa da Selena que eu não lembrava nem de ter ido para a casa de uma garota e ter uma agitada noite de sexo? Não, eu não havia feito isso. Não dessa vez. Eu lembro do Nicholas ter colocado eu e a Lovato no carro, me largou em casa. Lembro de tomar um banho relaxante e dormir um ótimo sono na minha cama. Nada de garotas, nem sexo. 
Ainda estava assustado, então resolvi passar a mão sob meu cabelo; O que definitivamente, não foi uma ideia nada boa. Como assim? Meus cabelos estavam compridos e meio ondulados. Eu não tinha cabelos assim, não mesmo. Aquele cabelo não era meu.
Deslizei as mãos para meu rosto, seguindo para meu pescoço e depois peito. Como assim? Eu não dormia com pijama de seda. E o que era aquilo que eu estava agarrado? Peitos? Sim, dois peitos? O que aquilo estava fazendo grudado em mim? 
Eu adoro peitos, de verdade, mas não quando eles estão no meu corpo. 
Desci as mãos para minha barriga, indo até minha cintura que por sinal eram cheias de curvas igual a de uma menina. Não fazia a mínima ideia de como aquela cintura havia parado ali.
Desci mais um pouco "Meu Deus" eu quase berrei desesperado, aquilo não podia ser verdade. Não mesmo. 
O ar começou a faltar, eu estava em completo desespero. Será que aquilo era um pesadelo? Um pesadelo no qual, eu dormia como um garoto e acordava como uma garota? 


- Calma, Joe. Vai ficar tudo bem. - Eu falei baixo a mim mesmo, esperando minha voz, mas ao contrário disso uma voz fina saiu. Não podia ser verdade, eu não podia ter me transformado em uma garota.

Levantei muito rápido, cambaleando abri uma porta na qual achava que era o banheiro, mas ao contrário era só um lugar cheio de roupas com um espelho enorme. Olhei para o espelho e vi ninguém mais do que Demetria Lovato. 


- Isso é só um pesadelo, apenas um pesadelo.  - Falei vendo a voz da Lovato saindo pela minha garganta.

Sai praticamente correndo do tal quarto, dá pra imaginar, um dia você está no seu belo corpo e no outro você está no corpo de uma garota nerd. E eu pensava que não podia passar momento pior depois de ter me perdido nas ruas da cidade. Pois é, aqui estou eu. 
E agora o que eu faria? Eu estava ferrado, eu não poderia simplesmente me comportar como ela. Eu não sabia como ela se comportava.
Eu também não podia simplesmente sentar cara a cara com a família dela, dizendo que eu era Joseph e pedir pra que eles me tratassem como tal. Até parece. 
Eu comecei a andar sem fazer barulho, como se alguém fosse me expulsar tecnicamente da "minha" própria casa. E mesmo que não fosse minha, acho que ninguém teria coragem de expulsar Demetria de algum lugar; Ela era bonita e bom, tinha belos peitos.
"Seu idiota" eu pensei e logo deu um grande tapa na minha testa "Você está todo ferrado e mesmo assim continua pensando em peitos". 
Eu queria acordar agora desse pesadelo, mas como eu ia conseguir? O que eu faria? Tenho 3 opções nas quais eu consegui pensar.
1º: Eu estou morto.
2º: Lovato está morta.
3º: Ela também podia ter ido parar no meu corpo, certo?
Fiquei algum tempo pensando e lembrei do grito na janela, era isso! Meu quarto era praticamente na frente do da Lovato. 
Corri até a sacada desesperado, se aquilo era mesmo verdade, valia a pena. Eu realmente queria voltar para o meu corpo. Abri as cortinas e assim me debrucei na sacada, fazendo um "Ei! Psiu, psiu." desesperado, esperando o ser que estava no meu corpo me escutar e vir imediatamente vir falar comigo. Estava prestes a berrar, quando EU apareci na janela com o rosto todo vermelho e inchado.
Aquela cena me deixou perplexo, eu tinha sorte por ninguém nunca ter me visto assim. Nem mesmo a minha mãe, de verdade. Eu tinha certeza que era uma garota que estava no meu corpo. 


- Jonas? - Perguntou o ser.

- Lovato, é você? - Sim, com certeza era ela ali. 






Oi, tudo bem com vocês?
Era pra mim ter postado antes, mas eu não ando muito bem ultimamente -e com isso não tenho muita inspiração- e também pelo fato da escola estar simplesmente me matando. Eu tenho milhares de trabalhos pra terminar hoje talvez vire a noite fazendo, mas não acho legal deixar vocês esperando tempo de mais.
Mas, foco, porque eu não vim aqui só pra falar isso. Bom, nesses últimos tempos quando eu não estou na escola, nem fazendo trabalhos e muito menos escrevendo a fic - viram que o capítulo não tá tão grande, né? Pois é, aquele lá só ficou enorme porque eu fiquei muito tempo sem postar- então, eu escrevi algumas mini-fic's. Elas não estão completamente prontas, mas eu quero saber se vocês querem que eu poste elas aqui? E se sim, quando? 
Bom, esse capítulo tá bem chatinho, mas eu acho que o próximo estará melhor. *Lembrando: Se vocês quiserem eu troco a fic. 
Bom, eu não respondi os comentários, mas eu li todos e agradeço pelo carinho amei todos, sério *-* muito obrigada.
Então é isso. Até a próxima.

Beijos,

amo vocês;
@proudjonato


23 comentários:

  1. OMG..
    Ameiii..
    Tipo, amei mesmo..Porque eu nunca tinha visto uma fic assim sabe..
    Nossa..muito original você..*-*
    Olha,eu ri sozinha tipo,quando eu pensei na hora deles tomarem banho..hahahaha..meu deus..kkk
    To curiosa amore..
    Posta Logoo..
    Beijinhoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, que bom que você gostou. *-*
      Sério mesmo? Que coisa mais linda! Obrigada.
      DSKJAOPCSADPSAFK´SAPJGPOSAJ espero que você goste, viu?
      Beijos;

      Excluir
  2. Oi!
    Preciso dizer que estou amando sua fic, de verdade! Eu acabei de descobrir seu blog, mas eu posso dizer essa é a fanfic mais perfeita que eu já li!
    Acho muito bacana, você ter tomado a iniciativa de criar uma fanfic assim, realmente, é a primeira que eu leio com esse gênero! Exatamente como a "Mariane *-*" disse: Original. Parabéns.
    Diga-se de passagem, que essa fic pode ser até mais emocionante que a anterior, isso que a anterior foi (e muito) -q.
    Bom, eu leio muitas, milhares da fanfics e de longe a sua é a melhor que eu já li. E, bom, eu acho que isso foi um elogio, já que meu blog preferido é um blog muito, mais muito famoso;
    Parabéns e espero que você continue rapidamente, porque realmente, está perfeita!
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah *E eu acho que você deveria colocar numero de comentários por capítulo HaHa

      Excluir
    2. Awn, que coisa mais linda! *-*
      Fic mais perfeita que você já viu? Mds, que linda/o!
      Ah, eu não coloco comentários por capítulo porque sei lá, eu acho chato ficar pedindo comentários apesar de saber se vocês gostam nessa fic (eu acho) que não vou cobrar comentários.
      Espero que você goste, viu? E muito obrigada!
      Beijos

      Excluir
  3. Respostas
    1. Awn, que bom que você amou! Continuei.
      Beijos

      Excluir
  4. Ameei, cara amei a iniciativa. Muito criativa você.
    Achei interessante isso. Eu tenho que admiti que eu rir um pouco, mais mesmo assim a fic esta perfeitamente perfeita.
    Continua quando der' ^^
    Beijos com Glitter' xoxo**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Awn, obrigada.
      Haha, que bom que você gostou, viu?
      Postado! Beijos

      Excluir
  5. Amora...tá muito linda a sua fic...gostei muito hahahah posta logo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda, que bom que você gostou!
      Postado! Beijos

      Excluir
  6. eu amei muito a sua fic!!!!!!!!!!!!!!! muito linda, muito engraçada serio
    ah posta a mini-fic hoje pf
    amei posta logo
    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você amou, awn.
      Postado! Beijos

      Excluir
  7. Preciso diser qe to amando??????? Nao ne ta perfeito!!!!!!!
    Posta lgo beijinhs

    ResponderExcluir
  8. UAU!!!!!!!!!
    eu gostei mt...
    sério não minto...
    enfim... posta
    senão eu mal foi te seguir e ja vou morrer
    desculpa to animada e um pouco nervosa aii acabo flando m*rda msm
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Awn, que coisa mais linda!
      Muito obrigada, tá postado! OPDSAJPODSAJPODJSAPODSA não morre não, linda :)
      Que isso haha, sem problemas!
      Beijos

      Excluir
  9. oii AI meu Deus to amando ta perfeitooo continuaa Please <3
    Beijos Bia @bssouza_

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oooooi, tá mesmo? awn, que linda!
      Postado, beijos

      Excluir
  10. divulga p mim? http://jemiandnemi.blogspot.com.br/ <3 brigada

    ResponderExcluir
  11. Princess ameei nova seguidora.
    perfeito posta logo...
    AAAH Divulga e segue o meu blog?
    www.tudoqueeumaisqueroevoce.blogspot.com
    Floor que ser afiliado do meu blog?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem-vinda, linda! *-*
      Awn, que linda! Obrigada.
      Claro amor.
      Beijos.

      Excluir

Gostou da fic? Não gostou? Comentem e digam o quê vocês acham!